Aripiprazol

Nos idosos, os antipsicóticos podem ser utilizados para o controle de sintomas psicóticos (ideias delirantes e alucinações) associados à esquizofrenia, delirium, depressão grave e, também, são comumente utilizados para o controle dos Sintomas Comportamentais e Psicológicos das Demências (SCPD). O aripiprazol apresenta melhor perfil de segurança, mas existem poucos ensaios clínicos com idosos. As principais reações adversas são efeito extrapiramidal (+), déficit cognitivo (0), sedação (0/+), ganho de peso, obesidade e síndrome metabólica (0/+), hipotensão postural (0/+), cardiotoxicidade (0/+), hiperprolactinemia e disfunção sexual (0), osteoporose e fraturas (0/+), neutropenia (0/+).

ID: 187

Observações
Necessário Logar